Aqui estão todos os dados que o Pokemon Go está coletando do seu telefone

A companhia por trás do jogo está colecionando dados dos jogadores. E definitivamente está conseguindo pegar todos.

sub-buzz-1106-1468259502-9

sub-buzz-5926-1468349136-2Originalmente postado em 11 de julho de 2016 às 3:38 p.m.
Atualizado em 12 de julho de 2016 às 3:20 p.m.
por Joseph Bernstein, reporter do BuzzFeed News

Atualização: em um anúncio anexado ao primeiro patch do jogo, lançado hoje, a Niantic disse que “consertou o escopo de conta do Google”. Usuários de iOS que fizeram log off e log in no jogo de novo com o Google verão a tela ao lado, com as duas permissões que agora o jogo requere: ID de usuário do Google e endereço de e-mail.

Nos últimos cinco dias delirantes desde o seu lançamento americano, o Pokémon Go se tornou uma sensação econômica e cultural. Baixado por milhões de pessoas, o jogo aumentou o valor de mercado da Nintendo em U$ 9 bilhões (e contando), deu um belo exemplo de realidade aumentada enquanto formato de jogo do futuro e fez acontecer uma quantidade inimaginável de encontros na vida real completamente estranhos, assustadores e aleatórios.

E enquanto milhares de usuários andam pelo país colecionando Pikachus e Jigglypuffs, o spin-off da Alphabet, a Niantic Inc. que desenvolveu o jogo está colecionando informações sobre os colecionadores. E está definitivamente conseguindo pegar todas.

Como a maioria dos aplicativos que trabalham com GPS nos smartphones, Pokémon Go pode dizer uma série de coisas sobre você baseado na sua movimentação enquanto joga: onde você vai, quando você foi lá, como você conseguiu chegar lá, por quanto tempo ficou e quem mais estava por lá. E, como vários desenvolvedores que construíram estes apps, a Niantic mantém essa informação.

De acordo com a política de privacidade do Pokémon Go, a Niantic pode colecionar – entre outras coisas – seu endereço de email, endereço de IP, a web page que você estava usando antes de fazer login no Pokémon Go, seu username e sua localização. E se você utiliza a sua conta Google para se logar e usa um dispositivo iOS, a menos que você especificamente revogue isso, a Niantic tem acesso à toda a sua conta no Google. Isso significa que a Niantic pode ter acesso ao seu e-mail (leitura e escrita), documentos de Google Drive e mais. (Também significa que se os servidores da Niantic forem hackeados, quem quer que tenha hackeado estes servidores potencialmente também terá acesso à toda a sua conta no Google. E você pode apostar que toda essa popularidade do jogo fez com que ele se tornasse um alvo para hackers. Dado o número de crianças jogando, isso é meio assustador). Você pode checar que tipo de acesso a Niantic tem à sua conta Google aqui.

A empresa também pode compartilhar essa informação com outras, incluindo a Pokémon Company que desenvolveu o jogo, “provedores de serviços terceirizados” e “terceiros” para conduzirem “pesquisa e análise, perfil demográfico e outros propósitos similares”. Pode também, pela política, compartilhar qualquer informação que colete com a aplicação da lei em resposta à uma reivindicação legal para proteger seus próprios interesses, ou bloquear “atividades ilegais, antiéticas ou juridicamente acionáveis”.

Agora, nenhuma destas disposições de privacidade são únicas por si sós. Apps baseados em localização como o Foursquare ou Tinder podem e fazem coisas similares. Mas mapa de dados bloco a bloco incrivelmente granular do Pokémon Go, combinado com sua afluente popularidade, pode logo se tornar, se já não for, o gráfico social baseado em geolocalização mais detalhado já compilado.

E está tudo, ou ao menos a maior parte, nas mãos da Niantic, uma pequena companhia de desenvolvimento de realidade aumentada com intensas raízes no vale do Silício. As origens da companhia datam desde a startup de visualização de dados geoespaciais Keyhole Inc., a qual o Google adquiriu em 2004; teve papel crucial no desenvolvimento do Google Earth e do Google Maps. E embora a Niantic seja uma derivada da Alphabet do final do ano passado, a empresa-mãe do Google ainda é um dos seus principais investidores, assim como a Nintendo, que é dona da maior parte das ações na Pokémon Company. De fato, o Google ainda tinha posse da Niantic quando o desenvolvedor lançou o seu primeiro jogo, Ingress, que foi o que a Niantic usou para coletar as locações para os Pokéstops e ginásios gerais do Pokémon Go.

Em uma declaração ao Gizmodo na segunda à noite, a Niantic disse que eles começaram a trabalhar em um erro e verificaram com o Google que nada além das informações básicas de perfil tinham sido acessadas.

Recentemente descobrimos que o processo de criação de conta no Pokémon GO no iOS erroneamente requere permissões de acesso completo para a conta do usuário do Google. No entanto, o Pokémon GO acessa apenas as informações básicas de perfil do Google (especificamente, seu User ID e e-mail) e nenhuma outra informação de conta é ou tem sido acessada ou coletada.

Uma vez que descobrimos este erro, nós começamos a trabalhar em uma reparação de erro no cliente para requerer permissão apenas para informações básicas de perfil do Google, alinhado com os dados que acessamos de verdade. O Google verificou que nenhuma informação tem sido recebida ou acessada pelo Pokémon GO ou pela Niantic.

O Google em breve reduzirá a permissão do Pokémon Go para apenas os dados básicos de perfil necessários e para que os usuários não precisem tomar ações nenhuma.

Dado o fato de que o Pokémon Go já tem milhões de usuários e que já atraiu a atenção da aplicação da lei, parece provável que em algum momento a polícia vai tentar fazer com que a Niantic libere informações dos usuários. E se o histórico do Google servir para qualquer indicação – um relatório feito no início do ano mostrou que a companhia cumpriu 78% dos pedidos de aplicação da lei para dados de usuários – eles provavelmente estão preparados para cooperar.

  1. Tiago

    O facebook faz o mesmo e todo mundo adora!

    • Edgar

      Faz. Mas vc pode impedir. O Google idem. A Microsoft idem. Esta bosta de jogo não permite. Ou vc se abre ou não joga.

      • LightPotano

        Facebook faz pior e outra! na primeira vez que você abre o jogo ele pergunta se pode fazer essas coisas e é claro que o jogo vai precisar desses dados seu animal para que ele reconheça se você esta andando e esse tipo de coisa

  2. Sergio Machado

    O que ainda existe pra se coletar num mundo virtual onde todos postam o que fazem, onde vão e como tomam banho na piscina? Palmas para a cultura da exposição!

  3. Puxa! Preocupante… encerrando minhas contas no google, samsung, psn, Microsoft! Deletando meu Facebook e todas as contas de webmail, quebrando meus smartphones e computadores! Partindo para a floresta morar numa caverna que apesar detectada não é monitorada.

    • Matheus

      Hahahaha.. engraçado é q o site pede teu nome e e-mail para comentar… se tiver um analytics rodando ja tem IP, localidade e faixa etária! O sabido ai q falou q o Google vc pode cancelar ele ta por fora do q é coletado diariamente com ou sem permissão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: